domingo, maio 30, 2010

E então, fim do mundo?

Por Karina Lima
Botecar é uma bela arte. Até aí, não apresento novidade alguma. Pra ser bem sincera, toquei nesse assunto porque, meus caros, foi em uma prosa despretenciosa de bar que tive um dos papos mais cabeça dos meus últimos tempos de existência errante. O álcool, como é sabido, nos leva aos mais diversos caminhos, e um deles é o da verborragia. Há outros, como o da conduta estúpida – esse também tem um quê bem divertido. Tem o da telefonia celular descabida, que rende uma penca de arrependimentos posteriores quando a gente telefona pra quem não deveria nunca mais, nem sob hipótese de tortura chinesa. E tem o da Perda Total, também. Ah, isso dá é pano pra manga...

Sem perder muito o foco – no Mulherices, a gente adora isso – lhes conto o que d
izíamos naquela ocasião: que em tempos super modernos, vemos claramente duas visões bem distanciadas para quem vive nesse mundo doido: uma delas é a do hedonismo [do grego, ‘prazer’ ou ‘vontade’]. Aquele tal negócio: nossa cambada valorizando o presente, a busca da realização, a felicidade plena. Do hedonismo, há quem diga que para uns a conduta descamba para a alienação -- fechar os olhos para aquilo que é ruim e desagradável. Essa última é a corrente da vida da filósofa Hello Kitty, muito referenciada neste blog em que vos falo. Ou o jeitão da Poliana, também.[Trocando em miúdos, sabe aquela gente que faz de tudo com a desculpa de que temos que viver como se o amanhã não fosse chegar? Pois é. Esse tipinho aí.]
A outra corrent
e, na contramão da primeira, é a da visão do fim, do caos, do apocalipse, do nada, do negativo. Olhem pros cinemas e pro Youtube pra comprovar o quanto essa forma de pensar tem gerado cifras e gente interessada. A produção mais recente nesse sentido é o filme ‘2012’ com a marcante imagem do Cristo Redentor despencando e um número sem-fim de dilúvios, queimadas, choro, suor, lágrimas, sangue e mimimis. O ano de 2012, que será bissexto, está carregado de crenças voltadas à mudança: tem gente que acredita até que ETs virão dar o ar da graça por aqui – a gente bebe, e esse povo é que se desorienta com idéias esdrúxulas. Eu, pelo menos, acho isso.

Minha humilde e estrogonófica opinião: o mundo já está acabando há muito, e sinais destacados em canetas marca-texto me mostram, todos os dias, que nossa partida é breve e inevitável. Uma dessas revelações foi a aparição do Luan Santana, o moço que canta a música do ‘Meteoro da Paixão’ – quando essa catástrofe atingiu meus tímpanos, comecei a me despedir desse mundo vil e cruel. Essa bossa de AimeuDeus só se agrava: é Restart, Sonia Abraão, NXZero, Fiuk, escalação do Dunga... ei, você, consegue captar a corrida e caminhada atlética pro abismo? Ô geral, aviso: salve-se quem puder.

Se o fim é inevitável, a próxima pauta que veio à tona antes do outro chopp foi: o que fazer, se o dia fosse o último, e se nada mais restasse? Aí, minha gente, surgiu de tudo: cenas de cinema [ver o pôr do sol no cais, ir à praia com o namorado – imaginem o trânsito pro litoral], sandices [correr pela Paulista pagando peitinho, dar o calote na Daslu], devaneios bêbados [passar a noite na Praça da Sé, com uma garrafa de whisky e um cão vira-latas], logísticas tortas [voar pra Nova Zelândia – morrer voando?], safadices reprimidas [encher a cara e pendurar a conta, ir a casas de swing, fazer strip-teases, protagonizar atentados violentaços ao pudor], nonsense [vestir-se de Darth Vader, mandar a tia fofoqueira com regata de viscose ir tomar nos fundilhos, provar churrasco grego com suco de R$0,50]. Quanto mais chopp, mais idéias extravagantes surgiram. A noite foi regada a gargalhadas sonoras, interação com estranhos que queriam opinar no fórum, e pela presença de garçons boa-praç
a que acompanhavam os pitacos enquanto deixavam, vagarosamente, os petiscos e bebidas sobre a mesa.

Confesso que estava sóbria [salvo em raríssimas exceções não-motorizadas, costumo terminar as noites assim pra guiar a salvo pra casa]. Manobrei o carro subindo a Rua Melo Alves pensando em algo curioso: o mundo precisa mesmo acabar para que todo mundo se livre de um peso muito óbvio, mas real – o de arcar com o julgamento que pode surgir quando o pecado de permitir-se acontece. Pra exercer a tal da liberdade, é preciso mesmo ter a garantia da queda do tal meteoro?

(Billy Brandão – Paulinho Moska)

“O Último Dia”


 

Siga Karina Lima no Twitter.




34 comentários:

  1. O assunto 'fim do mundo' sempre é motivo para fazer as pessoas revelarem seus desejos mais íntimos. O mundo acaba, somente quando você morre... Isso sim é o fim do mundo. E enquanto estamos vivos, que tal aproveitar cada momento e fazer dele único? Ok, isso foi idiotice! [risos]

    ResponderExcluir
  2. o mundo vai acaba mas não em no dia q prefirao ai nesse dia vai acontecer nda

    ResponderExcluir
  3. O fim do mundo!
    Há.
    Ele já ta acabando faz um bom tempo, desde quando o homem pisou aqui.
    Mas como você disse, cada dia fico mais assustado com essas revelações(modinhas bem fabricadas)musicais! Ohh que coisa linda a voz do Luan, que banda legal essa Restart(restart do lixo?), sabe. As pessoas estão acabando, a moral está acabando e talvez esse seja o real fim do mundo!

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, na verdade, o mundo está caminhando para seu fim. O humano está ficando cada vez mais egoísta e avarento. E vai se auto destruir.

    ResponderExcluir
  5. muito interessante não so essas mas as outras postagens q li seguindo aki ..continuem assim'


    http://meumundinhoinsanowill.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Sinto muito, cara autora -- mas o mundo já acabou, e faz tempo. Temos incontáveis sinais cataclísmicos polvilhados por nossa história: Antes de Luan "Who?" Santana, tivemos Periguete. antes disso, Tchan. Antes disso, Xuxa [que atire a primeira pedra quem nunca girou ao contrário o por si só medonho LP da moça]. Antes disso, antes disso, antes disso... a lista de tosquices culturais semi-apocalípticas é interminável.

    Portanto, concluo: Sim, o mundo já acabou. Isso aqui é um limbo muito mal-acabado, ou um inferno muito bem-acabado -- ainda não sei. Mas me consola saber que um hipotético meteoro que eventualmente atinja a Terra atingiria também a cabeça do autor de Meteoro da Paixão. E só por isso, sei que passaria meu último dia aqui gargalhando cinicamente.

    ResponderExcluir
  7. São tantas teorias,para mim a mais louca é a da visão alienígena.
    Mas acredito mesmo na bíblia,e como é escrita em mts metáforas vai saber se o povo tah interpretando certo neh...
    mas enquanto nem qro pensar nesse assunto.
    auhsuahs
    fluem.blogspot.com
    :*

    ResponderExcluir
  8. Chopps nos levam a grandes papos realmente... e que se esse meteoro vier atingir seu autor, que ele esteja bem longe da cidade dele, pq moro aqui... e quero distância do meteoro...
    Afinal de contas... o q é Restart? Fiuk? prefiro não me contaminar..
    Ótimo texto!!!
    Edilene

    ResponderExcluir
  9. Eu concordo com você!!!
    Já percebeu que vários rockeiros maravilhosos morreram nos últimos meses, e os funkeiros/pagodeiros estão por aí ainda?!
    MEDO do fim do mundo!!!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  10. Adorei o último pensamento!
    Uma verdade absoluta!

    ResponderExcluir
  11. O fim do mundo sempre chega... é quando morremos!

    ResponderExcluir
  12. É mesmo, como disse PC Siqueira: "O mundo está para acabar, desde que mundo é munndo..."

    Mas... apesar de tudo tenho meus receios, para ser bem sincera...rs

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  13. Tem o Justin Bibier também...

    Penso que tudo que tem começo tem fim, e se o mundo for acabar amanhã ou daqui a milhões anos não me faz diferença, pois quero aproveitar o que posso na minha vida.

    E quem saber retardar o fim do mundo pelas nossas mãos...

    ResponderExcluir
  14. O mundo não vai acabar, mas se transformar. Já está se transformando, aliás. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  15. Não acho que o hedonismo descambe para a alienação. Acho que a alienação descamba para o hedonismo. Quer mais alienação do que acreditar que só o prazer conta e ignorar as consequências dessa esbórnia rotineira? Também jamais veria Poliana (ou Pollyanna, americanamente) como hedonistalienada, muitíssimo pelo contrário. A menina era a mais lúcida das personagens já escritas. Enxergou a plaquinha de "saída" no fundo das situações mais difíceis, o que é, salvo engano, o que procuramos todos, e o que todos andamos fazendo por aqui. Seria Poliana alienada por chegar exatamente aonde (ainda) não tivemos sabedoria suficiente para chegar?

    ResponderExcluir
  16. essa promessa de fim do mundo vem de tempos em tempos...já me desesperei quando criança...
    Hoje acredito que é uma "mudança" e não "fim" das espécies (algumas talves.. politicos e funkeiros tem pacto com o dema... então nem reza braba ajuda.)
    se estaremos "preparados" ou se "sobreviveremos".. quem sabe? ainda nem chegou... (e espero que continue que nem promessa de politico ladrão XD)

    ResponderExcluir
  17. Seu post como poucos conseguiram mexer com meu coração! Lendo sua postagem vi um filme passando na minha cabeça! Mudou meus conseitos! Me fez sentir uma vontade forte de ir atrás daquelas pessoas que eu mal vejo pessoalmente e que moram na mesma cidade que eu mas só nos falamos por MSN. Pois, quantos beijos, quantos abraços, quantos olhares deixo de dar estando apenas em casa conversando num computador. Que vale a graduação se é pelo convívio feliz com quem amo que tanto sofro sob os livros. Trailer de 2012, música do fim do mundo e o melhor Pollyana que tem também a versão Pollyana Moça são tópicos que você acertou em cheio sobre meu contexto de vida! Enfim... vários detalhes que você amarrou tão bem nessa sua postagem linda! Do qual você conta como foi seu feliz bate papo com amigos, coisa que eu curtiria se fosse meu último dia! =D

    No meu blog você estará na lista "meu post merece um selo" pegue o código deste selo no ítem SUPER BLOGS da coluna direita em meu blog ok?

    Sucesso e grande abraço!!!

    http://neowellblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  18. Poizé, lamentável, e eu me incluo nessa trupe que somente diante de uma situação limite "desperta" dessa catarse que vivemos.
    Viva o chops (rsrs), mas ainda fico com o caminho do meio, detesto Polyannas assim como urubus disfarçado de gente.
    Sucesso!!!
    Saudações da Jakutinga

    ResponderExcluir
  19. Olá,indiquei seu blog a um selo/prêmio
    http://blogdocasari.blogspot.com/2010/06/bom-dia-galera-recebi-este-selo-ao-lado.html

    ResponderExcluir
  20. Fim dos tempos mesmo: É o tchan, promete voltar!

    Tchau meninas, fui ali agarrar o Chico Buarque - preciso aproveitar os últimos dias não é? ;) haha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Sempre acontecem essas histórias do final do mundo, as vezes é de se pensar com tudo o que está acontecendo. adorei o post!

    MODA/TRENDS/GOSSIP

    Acesse o TREND BEAUTÉ, sempre atualizado!

    www.trendbeaute.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Haha, excelente post. Uma das provas de que o fim do mundo está aí é a geração musical atual (de adolescentes, singles e "colorisse"), as mortes de Michael, Lombardi e DERCY GONCALVES (prova suprema, mas que ela descanse em paz, rs).

    Enfim, novamente, parabens pelo post.

    OFF: Paulinho Moska é muito bom mesmo,conheci pela musica "O Mundo".

    Abcs

    ResponderExcluir
  23. A cada dia notamos que o mundo caminha a passos largos para o fim. Nos estilos musicais, de vidas e muitas outras coisas. Se o mundo fosse acabar amanhã sairia por aí bêbado e nu pelas ruas. Seria um espetáculo deprimente, mas o último.
    Abraços...

    ResponderExcluir
  24. É, garota, talvez, seja melhor viver a vida antes do fim.
    Senta o pé na jaca!
    bjs
    Nerci Rosalem

    ResponderExcluir
  25. Foi uma das coisas mais sábias que já li nos últimos tempos, você me fez pensar agora!

    ResponderExcluir
  26. miticismo ou não um dia ele acabará JODSADJAFSFA

    ResponderExcluir
  27. Uau. Comentario é o que não falta aqui. kkk.
    Bem legal seu post.
    Veja também o do meu blog.
    É uma historia que estou escrevendo. Cada dia é um capitulo. E você pode dar palpite de como deve ser o destino das duas personagens principais.

    http://ocordaodotempo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. MeuO DeuOs do CéuOs.
    =)
    que massa!
    sério, criatividade aqui "no blog" a flor da pele ^^
    e sobre o post.
    Bem, voltando a conduta e baixando um pouco esse ar de "CHOCADA!" vos falo;
    Concordo total e legalmente, mas imagina aii em?
    KKK o Caos que séria se o mundo acabasse mesmo amanhã, a correria que não iria dá?
    kkkkk'
    bjuus ;*
    deixa-me ir, afinal, o mundo vai acabar e eu ainda não fiz nada da vida lol

    =D KKKK'
    WWW.circunda-tederosas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. acho que o dia de amanha a Deus pertence neh!
    sahuasusahu'
    ja surgiu tanta gent dizendo que o mundo acabaria tal dia!
    ¬¬
    e nada!
    ^^

    mais é assim mesmo!

    lindo blog!

    beijo flor!

    ResponderExcluir
  30. Adoro Moska e essa música é excelente.
    Mas o fim nao esta próximo e nao vai dar pra fazer nem a metade do que se pensaria se só restasse um dia!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  31. O fim do mundo comecou desde que o homem nao parou de desenvolver sem preservar ...
    E vai acabar assim que toda fonte de vida se esgotar ... somos piores q gafanhotos ...

    Dah uma passada lah no blog:
    http://artculando.wordpress.com
    =)

    ResponderExcluir
  32. portanto que eu viva minha vida , pq eu sei que nada sei !

    ResponderExcluir