sexta-feira, novembro 20, 2009

Princesologia Aplicada

Por Karina Lima

A verdade nua, crua, implacável e galopante pode não agradar, mas preciso lhes dizer: Princesas são verdadeiras anti-heroínas. Sim, elas são assim.

[É agora que entra aquela trilha sonora sinistra]

Princesas não fazem, sempre, ares de languidez e mistérios: às vezes, elas não estão entendendo é nada. Estão mais perdidas que cego em tiroteio, quase pedindo ajuda aos universitários, prestes a tomar chá de bússola pra orientar algumas (poucas) idéias trôpegas em meio a uma situação corriqueira qualquer.

As Princesas nem sempre querem se portar como damas. Pelo menos por alguns instantes, em ocasiões escolhidas, elas buscam intensamente despertar suas vacas-mimosas interiores, mandando a recomendável e boa postura pros diabos, acionando a fatia ‘Periguete’ do córtex, de propósito. Aí vale o batom reforçado, o vestido, o balanço sinuoso das cadeiras.

[Vai madrecalcutar e dizer que é tudo mentira? Oká, vá em frente...]

Princesas nem sempre são bonitas pela manhã. Elas acumulam remelas. Quando somadas a restos de lápis de olho então, a situação fica mais crítica ainda. Se a maquiagem não tiver sido retirada na noite anterior... misericórdia! Algumas babam, outras roncam. Outras despejam grunhidos incompreensíveis no cair da noite.

[Alto lá, não me refiro aos ruídos incompreensíveis que vocês pensaram agora!]

Às vezes, Princesas têm vontade de mandar tudo às favas: as cobranças intermináveis, o estigma de ser-100%-em-tudo, as formalidades, as chatices, a politicagem barata. Elas têm, às vezes, vontade de ser selvagens, de não pentear a cabeleira e usar garfo quando bem entenderem, e se entenderem por bem.

Acreditem: as Princesas têm problemas estomacais. Flatulências, prisões de ventre, piriri, vômitos, azias, queimação. Até aí, tudo bem: isso é involuntário. E aquelas que arrotam de propósito? Ah, e tem Princesa por aí que jura que jamais dormiu uma só noite nessa vida sem tomar banho, sendo que eu aposto o meu próprio pâncreas que não há ninguém nesse mundo que nunca tenha feito isso por livre, espontânea e porca vontade.

[Acho que isso está ficando sórdido demais. Sigamos pra próxima pauta.]

Princesas choram sem motivo aparente, chegam até a irritar: com filmes fofos, episódios cotidianos, correntes de e-mail, pensamentos amorosos-teimosos – de catástrofe generalizada a embalagem de Tang, tudo é motivação para que elas derramem seus baldes de água salobra por aí.

Algumas Princesas são bem egoístas: não dão passagem no trânsito, param em fila dupla, possuem seta como elemento opcional no processo de direção. Outras são tão histéricas e cabeças-de-titica que provocam nos outros um sentimento genuíno de cometer um Princesocídio, a começar pelo Princesocida arrancar todas as unhas das mãos delas com um alicate mecânico. Isso aí mesmo, gente do bem: com requintes de crueldade.

Há dezenas de Princesas descoladas e desbocadas, daquelas que possuem vasta e rica lista de palavrões úteis, sabendo como empregá-los com sapiência e eloqüência invejáveis. São metralhadoras boca-suja nessa arte terapêuticas. Sorte delas, que provavelmente evitarão úlceras e uma série de outras complicações de saúde futuras.

Muitas Princesas acreditam em barbaridades e histórias da carochinha: testes de química entre pares, teoria de que o formato da mão determina o futuro amoroso, e por aí vai. Outras Princesas, por sua vez, são doentes de curiosidade, Fifis profissionais e inatas, daqueles tipos que olham fixamente quando vêem duas pessoas se beijarem a la desentupidor de pia, que acham que segredos ficam bem-guardados quando são distribuídos a muitos donos, que ouvem conversas por trás da porta, que torturam outros seres humanos em busca de resgatar babados novos.

[Essa Tábua de Verdades Inescapáveis vai se auto-destruir em 10, 9, 8...]

Pensando cá com os meus botões: o que essa trupe de Princesas tem de genial, então? Sinceramente, não sei como os Príncipes se apaixonam por elas... tá, na verdade, acho que arrisco um palpite: vai ver que o que tem graça mesmo nessa vida é a arte de ser semi-incrível.


DIRETO DA REDAÇÃO...
a Karina pensa que o vídeo a seguir tem tudo a ver com essa prosa!


Ciranda da Bailarina, de Chico Buarque & Edu Lobo, por Adriana Calcanhoto (2009)








36 comentários:

  1. Ah pois é, quem gosta de perfeição que copre uma boneca!!!! No mais, não vejo a menor graça continuar vivendo sem a MINHA PRINCESA

    ResponderExcluir
  2. São 2 horas da manha, tô sem saco pra ler isso tudo. Amanha eu volto. JURO !

    ResponderExcluir
  3. Beijo pras princesas, mas sair do salto e andar descalça na chuva é o maior barato.

    ResponderExcluir
  4. Ah, eu sou MESMO fã do blog de vocês!
    Que leitura gostosa de se fazer...

    Adoraria que também passassem pelo meu!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Garooootas!
    Vocês falaram MUITO bem das princesas!

    Na parte do "sons incompreensíveis" eu caí na risada.
    Meus parabens, vocês são ótimas, e pretendo vir mais vezes.


    P.S. Estou curiosa com essa Stella :P

    Beijos, e, se possível, passem no meu :]

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente...

    E para ser sincero, não entendo certos tipos de princesas: você envia flores, manda mensagens lindas em seu celular para poderem acordar bem, tenta conversar sobre tudo, e sabe o que acontece? Pisam em você, te taxam de louco, e nunca te reconhecem...Talvez eu é quem esteja agindo da maneira errada né...Afinal: Princesas gostam de coisas mais selvagens e bárbaras... Ótimo post, ótimo blog....

    http://candrevasblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Adoro quando as "princesas" mandam o protocolo as favas e como vc mesmo disse se tornam "periguetes"!!! Emboram o blog de vcs seja uma temática totalmente diferente do meu e sempre bom ler seus posts.
    Quando puder comentem lá no Rodz Online tb...
    http://rodzonline.blogspot.com/

    abçs

    ResponderExcluir
  8. Quando você se refere a princeses, pude deduzir a mulheres. Tá ai a explicação, porque para nós homens, as mulheres são perfeitas em nossa mente! São maravilhosas em sua essencia de ser! Muito boa a postagem...!

    http://cerebro-musical.blogspot.com

    http://twitter.com/felipe_damasio

    ResponderExcluir
  9. Hahaha! Esse texto me fez pensar na situação contrária ao lembrar do filme 'Roman Holiday', com Audrey Hepburn, que interpreta a personagem principal de uma princesa que só queria ser tudo isso descrito acima ,ou seja, normal!

    ResponderExcluir
  10. Prefiro o tipo princesa rebelde, isso de ser comportada ñ ta com nada...
    Adorei o texto...
    -------------
    o texto do meu blog foi Tirado do livro " O unico e eterno rei"

    ResponderExcluir
  11. É isso aí, ninguem consegue ser "princesa" 24h por dia! Princesas tb falam palavrão, suam, menstruam,fazem xixi e cocô. E tem vontade de mandar a princezisse pros infernos as vezes. Mais um texto mto bom do blog.

    ResponderExcluir
  12. As princesas atuais são mais que princesas. Mas porque querem e acabam se enrolando toda!
    Querem dar conta de odos os recados e não levam jeito para serem onipresentes!!!
    Mas tem principe para todas elas, seja lá quel for o caminho que percorrem, sempre tem um!
    Abçs

    ResponderExcluir
  13. è isso ai ng consegue ser princesa todo tempo!

    ResponderExcluir
  14. Verdade! Não tem como controlar a vaca (mimosa???) anterior de vez em quando! Gostei mto do texto como tudo q publicam aqui.

    ResponderExcluir
  15. Cara cair do cavalo, estava em busca de uma princesa. Obrigado meninas por me alertarem.

    ResponderExcluir
  16. princesas são pessoas, e cada pessoa é de um jeito

    o video transmiti oq o texto quer passar, adoreiiiiiiiiii a música =D

    ResponderExcluir
  17. Não tinha assistido ao video ainda, show.

    ResponderExcluir
  18. Ser semi-incrível, sim, é o que dá liga. E o que me causa espanto é saber como tem gente que inveja essas tais "princesas", que só existem na Disney, mais precisamente no Magic Kingdom, e ficam bêbadas de noite, sem o uniforme.

    Quem gosta de princersa, de verdade, é sapo.

    ResponderExcluir
  19. ''princesas'', ideologias impostas ....

    ResponderExcluir
  20. Princesas além de tudo são humanas, tem sentimentos e não são perfeitas.

    ResponderExcluir
  21. Gostei do estudo sobre as princesas. Basta ver as princesas da Disney. De Branca de Neve até Mulan (embora esta não fosse exatamente uma princesa), por exemplo, elas mudaram bastante. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  22. Sintetizaram muito bem sobre essas figuras enigmáticas e repletas de luminosidade própria. Embora algumas trágicas, talvez pelo "encanto" muitas vezes pela sociedade, princesas são sempre princesas.
    E posso me arriscar dizendo que todas mulher guarda uma dentro de si...

    Parabéns e beijos mil!
    - Leandro Merlllin
    http://chicachicaboomchic.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Adorei o texto, mesmo mesmo mesmo!

    ah, voces são bonitas (vergonha)

    ResponderExcluir
  24. Gostei do texto, rs.
    Princesas não escolheram ser princesas, né?

    ResponderExcluir
  25. toda mulha sempre quis ser uma princesa, né? esperar o principe vindo do cavalo rs... ainda bem que hoje somos mais realistas. não muito, mas somos!

    ResponderExcluir
  26. Que princesa q nada! Ninguém aguenta posar de boa moça por mto tempo, essa politicagem de ser "certinha" não tem quem suporte.

    Legal esse blog.
    Célia.

    ResponderExcluir
  27. Pelo post dá pra tirar a conclusão: Princesas não são perfeitinhas como se achava. :D
    ótimo post
    abraços

    ResponderExcluir
  28. Ja escutou a música Burguesinha do Seu Jorge ???

    ResponderExcluir
  29. okasokaoskaos, acho que sempre vai existir isso, esse luxo existe, e alguem tem q usufluir, mas nao precisam ser egoistas e mediocres, : D

    ResponderExcluir
  30. Olá, passei pra conhecer seu blog, e desejar bom fds.
    bjsss

    aguardo sua visita :)

    ResponderExcluir
  31. adooooro essa musica Ciranda da Bailarina *..* !!!!!!!

    ResponderExcluir
  32. Nunca desça do salto!! haha
    adorei a musica, amo Chico B.

    ResponderExcluir
  33. As vezes a gente precisa de leituras como encontra aqui no blog de vcs,gurias.Leves,contundentes,divertidos.Tem para todos os estados de espírito.Parabens!

    ResponderExcluir
  34. Eu sou uma princesa, dessa do tipo moderna que voce descreveu, so' nao acordo com remela no olho, e ja durmo maquiada pra nao assustar o namorado pela manha, brincadeira, porque princesas tambem mentem,ne'?

    ResponderExcluir
  35. gostei do texto leve e divertido! Sempre existirá esse luxo para ser usufruido!

    ResponderExcluir
  36. Haha, belo texto! Hail princesas anti-heroínas (;

    ResponderExcluir