domingo, janeiro 17, 2010

Esquadrão da Impaciência

Por Karina Lima

“Esta vida é uma estranha hospedaria, de onde se parte quase sempre às tontas, pois nunca as malas estão prontas e a nossa conta nunca está em dia.” (Mário Quintana)

Buzinas. Faróis. Céus, será que toda a histeria dessa gente cabe em uma avenida apenas? Soldados, a guerra está declarada e está aqui: ninguém dá passagem, todos têm pressa descomunal, parecem em pânico pra tirar o pai da forca. Pressa pra quê? Tudo está engarrafado logo em frente...

Ouse vacilar um milésimo de segundo em frente a um farol aberto pra ouvir uma sinfônica de grosserias – é nessa hora que, perdendo a civilidade, você sente vontade de despejar seu vasto estoque de mal criações nessa gente neurótica. Descer do salto vira instinto, ou vira regra.

[quem nunca buzinou pra arranjar encrenca, arremesse na minha testa a primeira pedra ]

Essa corja de apressados anda bem mimada... ninguém suporta perder nada, nem por um triz. Perder hora, perder vantagem, promoção, reunião, horário, consulta, avião. São crianças grandes. Por muitas vezes, eu as detesto em absoluto. Aliás, prefiro mil vezes os pequeninos aos adultos, coisa que já não é mais novidade nessa minha existência errante.

Você já tentou bater um bolo com pressa? E fazer uma refeição quente na correria? E pintar um quadro ou um desenho rapidamente? O resultado, via de regra, costuma ser catastrófico. A contramão é clara: vivemos o tempo da pressa. Fast food, foto instantânea, Poupatempo, congelados, pay-per-view, academia 24 horas. ‘Não tenho tempo’, ‘Tô na correria’, ‘Tô mais enrolada que carretel’, ‘Tô com a agenda superlotada’. Compras de Natal, maratona semanal, calvário diário infernal. Pergunto-me de onde saiu essa tendência de viver aos trancos e barrancos, correndo, sofrendo, numa sina ofegante. A sensação que me invade é de que ter pressa virou moda, é cool, é tendência.

Nesse caldeirão de angústias modernas, tomei para mim um novo mantra. Quando me vejo enlouquecer geral e arquibancada, correndo freneticamente e fazendo tudo-ao-mesmo-tempo-agora, repito: ‘Pressa para quê, por qual motivo?’. Toda vez que a resposta é coerente, sigo adiante. Caso contrário, peço ao corpo e à mente que desacelerem, dentro do possível.

Pode até parecer pura poesia ou coisa clichê, mas não é o caso. Quero ter tempo. Desesperadamente, o quero. Tempo pra observar o cair da tarde, pra rabiscar com giz de cera, pra fazer nada sem sentir culpa, pra ouvir boa música, pra viver o que há de bom com gente do bem. Quero qualidade, intensidade, matar a saudade. Fazer desse tempo o melhor tempo possível.

Conto que em um fim de tarde desses, há poucos dias, foi que aprendi essa lição da calma: uma conhecida com absoluta sede pela vida morreu no último réveillon, foi o que soube pelos comentários que pipocavam aqui e ali. Da causa, eu nem soube. No entanto, graças à janela que as redes sociais dão pra vida dos outros, parei perplexa encarando o Orkut quando vi a música que, ultimamente, fazia a cabeça dessa moça que virou estrela:

"Paciência"

(Lenine / Dudu Falcão)

44 comentários:

  1. Adorei o texto vc esta de parabéns...e a musica tbm e de otima qualidade!!!
    ta show viu!!

    ResponderExcluir
  2. Eu também penso que somos oprimidos pelo tempo, pelo tudo que devemos fazer, mas nunca sabemos que nos disse que devemos mesmo fazer.

    Vida sem sentido. Vida estranha. Eu estranho nessa vida. O que faço? Não sei. Vc sabe?

    www.solucomental.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. tinhaopsataod um comentario gigante n deu certo n a hora d eenviar mas juro fiz sem pressa hasuaush té mais.

    ResponderExcluir
  4. "Eu finjo ter paciência", mesmo.
    Bem escrito e dissecou tudo o que eu pensaria dizer sobre o tema.
    Quanto mais a humanidade e o tempo avançam, e ao que tudo indica andar da mãos dadas, vamos deixando coisas simples passar pela pressa.
    Ainda que pra mim seja muito difícil manter um ritmo calmo e sensato...

    Parabéns e obrigado pela postagem, mesmo!
    Beijos!

    - http://chicachicaboomchic.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. eh como dizem, nos somos controlados pelo relogio.
    Ele q nos faz acordar, ele q nos faz sair e voltar para casa...
    por isso a santa pressa -.-

    mas passei pra agradecer o comentario quevc fez no:
    http://aborrecenteinformado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Uau,bem legal teu post!
    curti mtooo!interessante!
    bjão floor*

    ResponderExcluir
  7. nossa
    Muito bacana o seu post
    Legal mesmooo...!
    Vivemos num mundo onde tudo tem que ser corrido e perdemos as coisas para sermos felizes!

    http://cerebro-musical.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. "ter pressa virou moda, é cool, é tendência." Tenho essa mesma sensação, é impressionante e patético como as pessoas em geral parecem se sentir mais importantes demonstrando ter uma vida corrida e agitada!!!

    A música de Lenine é um mantra, sempre que a escuto choro, como se estivesse me desintoxicando dessa pressa coletiva e alucinada que tomou conta do mundo.

    Se paciência é a ciência da paz como acreditam alguns, ñ é difícil entender pq a paz anda tão escassa.

    Abços!!!

    ResponderExcluir
  9. Sabe que ainda há pouco tempo eu dei uma aula que falava isso de que não ter tempo é sinal de status? Não é ser "cool", mas é status, porque significa que você trabalha, que é atarefado e afins... e o mais curioso é como tem gente que faz comentários ácidos quando você não é um desesperado por relógio, ou tem mais tempo pra, à tarde, por exemplo, ver um episódio de South Park.

    Tempo é a gente quem faz, fato. Mas essa tendência daqui de cima é muito mais sentida em SP, posso dizer. Saia daqui, e vai ser como se o dia tivesse se alongado. E passa a valer muito mais a pena, enquanto aqui o que parece valer a pena é fazer coisas em horários estranhos, tipo cinema às 23h45, porque em outro horário, ninguém tem tempo.

    ResponderExcluir
  10. Arremessar uma pedra em você seria o maior dos pecados, gata.
    Bibi

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  11. Às vezes a calma não é a melhor solução.
    Muitas vezes precisamos ter essa tal pressa, se não nunca sairemos do mesmo lugar, na minha opinião isso vai de cada um...
    Como sou uma pessoa "estressada" rs, costumo fazer tudo com pressa, sem calma alguma, e até que dá certo rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. tenho que exercitar minha pouca paciência... pouquissima...

    ResponderExcluir
  13. É... com o passar do tempo todos nos tornamos impacientes, intolerantes e irresponsáveis... Talvez a calma se torne uma das mais importantes virtudes daqui há alguns anos, não que ela não seja, mas que ela passe a ser elemento crucial para se viver em sociedade, hoje, abrigamos qualquer ser impaciente no nosso convívio. Mas, viver com a impaciência é ser paciente.

    Abraços
    www.borarir.com

    ResponderExcluir
  14. Pois é, paciência não é obrigação, é qualidade. Mas depende tanto do ponto de vista, muitas vezes o bom mesmo é a impaciência. Pressa para quê? Também depende, é como dizia o Chico Buarque "corro atrás do tempo, vim de não sei onde, devagar é que não se vai longe".

    Vocês como sempre mexendo com o leitor, muito bom, muito bom...Dizer que gostei do texto seria clichê porque eu venho sempre aqui, só não comento, mas prometo comentar de agora em diante hehe

    beijos,
    Ingrid Brasilino.

    ResponderExcluir
  15. Interesaante seu blog, e você é linda tbm :D

    ResponderExcluir
  16. Outro dia, conversando com um estudioso da vida, ele me contou que o mundo se movimente em uma frequência energética, tipo as ondas de rádio, que, para nós, é a sensação de tempo. Há uns 10 anos essa frequência foi medida e estava em torno de 16Mhz. Em 2009 (não sei a data exata) essa frequência foi medida novamente e caiu para aproximadamente 8Mhz. Ou seja, a nossa sensação de tempo diminuiu metade! Minha mãe bem diz que ia à 25 de Março, batia perna o dia inteiro e ainda chegava em casa para fazer a janta, com tempo. Hoje, o dia não dá nem pra metade. E o que se faz na 25? Compra-se bijuteria, basicamente. E aí entra a questão do tempo pessoal.

    Acho que respeitar o próprio tempo é uma virtude que merece admiração. E falo isso justamente por parecer que ando dedicando meu tempo mais ao tempo dos outros que a mim. Por outro lado, reconheço os passos que tenho conseguido dar em direção ao que quero para mim, para o meu tempo. E diria que estou mais ansiosa que com pressa.

    ResponderExcluir
  17. Adoro esse blog e vira e mexe entro para dar uma fuxicada!
    Esse texto está muito bem escrito, parabéns de verdade!!!Gostei muito!

    ResponderExcluir
  18. é as vezes as pessoas perdem a paciencia
    mas tambem depende da situação porque ficar calma demais nao resolve muita coisa
    mas nao to dizendo pra extrapola

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito da introdução do post com a frase do Mário Quintana, excelente!

    ResponderExcluir
  20. "pra fazer nada sem sentir culpa" isso aqui é tudo! Eu vivo me punindo quando relaxo, e fico ouvindo música sem produzir nada, sempre reclamando por falta de tempo! Estou tentando mudar isso, relaxar... Mas é difícil.

    ResponderExcluir
  21. ESSE BLOG ME PERSEGUE, AINDA BEM QUE É LEGAL!

    ResponderExcluir
  22. Essa Música é a que eu sempre coloco quando preciso de calma, confesso que ultimamente com a correria do dia a dia tinha até me esquecido,mas já aproveitei a situação e coloquei-a pra tocar.
    Obrigada por fazer meu dia menos acelerado.

    ResponderExcluir
  23. Escutei essa música hj, ai eu não me lembrava da onde tinha ouvido kkkkkkkk agora lembrei!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. Ouo!

    Um post bem ácido! =)

    Muito boa a música do final, apesar de não ser meu estilo Lenine é foda.

    ResponderExcluir
  25. Acho que seu blog tem como alvo o publico feminino, mas fora isso, vc escreve bem , parabéns.

    ResponderExcluir
  26. Eu ao contrario de você, adoro a correria, odeio ficar parado, odeio pessoas lentas, gosto de fazer muitas coisas no dia, acredito que cada segundo de nossas vidas é muito valioso, para não se fazer nada.

    ResponderExcluir
  27. É uma ótima análise, uma ótima "sacada": parece mesmo que quem não está permanentemente muito ocupado ocupa um degrau inferior na escala social. Pura bobagem! Vive melhor quem sabe equilibrar e aproveitar seu tempo.

    ResponderExcluir
  28. Onde é q vamos parar com tanta pressa né?

    ResponderExcluir
  29. Reclamamos do tempo etudo mais, porém, aquilo que realmente é do nosso interesse, sempre achamos uma brechinha na agenda corrida para realizar... talvez o que falte nas pessoas é justamente isso, um pouco mais de interesse e de priorização!
    --------
    Faço facu, trabalho, presto consultoria para algumas empresas e nem por isso sou ausente com minha namorada, por exemplo ; )
    Gutt.

    ResponderExcluir
  30. Ouvi dizer que o maior pecado é querer que o tempo pásse.
    Essa correria de cidade grande ta me cansando também. Mas as vezes quando estou pra baixo correria é um bom remédio pra esquecer os problemas.
    Meu sonho particular é uma casinha de campo longe de tudo e todos.
    Amo esse blog.

    ResponderExcluir
  31. nem sempre a calma é a melhor solução, parabens pelo blog e pelo texto

    ResponderExcluir
  32. massa gostei do blog



    [red]galera faz um favor click nu meus pacero top pf
    [green]downloads so nu!!! exs-downloads!
    [silver]DIVULGUE aew galera emdique meu para seu amigos...
    [blue]VEJAM O SUCESSO QUE ESTÁ! então - SIGA, PARTICIPE & DIVULGUE!
    http://exs-downloads.blogspot.com/
    [red]atenção:so comento e segui quem mim seguir!!!participar da comu aew galera!http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=54649202

    ResponderExcluir
  33. Vem pra rural mocinha ^^
    Aqui não tem ingarrafamento e todos são folgados ao ponto de não quererem sair da rede. Só resta saber se você aguenta a fofoca dessa gente desocupada ;]

    Adorei o post ^^

    abraços

    ResponderExcluir
  34. Tempo Tempo Tempo... És o senhor do destino

    Tempo Tempo Tempo... Faço um acordo contigo...

    Abraço,
    Gabriel
    http://www.novosfilosofos.com.br

    ResponderExcluir
  35. muito bom.
    nem sempre ter paciencia é a melhor solução
    abraços

    ResponderExcluir
  36. Gosto muito destes textos que eu vejo a realidade realmente como ela é. Parabéns pelo blog ;)

    ResponderExcluir
  37. Bom , somos escravos do tempo, ele nos controla, temos que fazer tudo na hora certa, e o transito nos atrapalha em relaçao à isso ¬ ¬''

    Um dia nós vamos conseguir dominar o tempo \o/
    Parabéns pelo blog, ótimo conteúdo

    Abraços
    www.levelgamed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  38. A questão não é o tempo em sí e sim como lidamos com ele. eu faço o mesmo que você, se realmente é necessaria a pressa, então continuo correndo. Senão relaxo, pois muitas vezes ficamos com pressa e corremos simplesmente por hábito.

    Quantas vezes já não pedi que um dia tivesse mais que as miseras 24 horas, mas não faltam horas, falta um melhor relação com o tempo existente. Tenho cada vez mais conseguido adiministrar tempo/tarefa. E tenho aproveitado mais a vida, mesmo com a quantidade de tarefas aumentando, organizo e consigo realiza-las primorosamente e aproveitar a vida, claro quando as coisas estão sob meu controle.

    Mas em um engarrafamento, se dirigindo, escute uma música e preste atenção nela, afinal não há nada que você faça que deixará tudo mais rápido. Se está no ônibus, leia um livro, aproveite este tempo e dedique ele a algo útil, afinal você acabaria fazendo isso fora dali e perdeira parte de seu tempo.

    E claro, a música é perfeita! Já fazia um tempo que não escutava... (sem trocadilhos)

    ResponderExcluir
  39. P.S.: Pode apagar esse comentário. Mas desculpe-me se houver algum erro de digitação ou pontuação. Em alguns pontos vi que faltaram letras maisculas e até algumas coisas que eu mudaria, mas meu teclado está maluco.

    ResponderExcluir
  40. muito bom

    gostei msm.
    vlw pelo post!

    ResponderExcluir
  41. É tanta presa, tanta correria. :s

    ResponderExcluir
  42. a calma não é o meu forte...*
    mas adorei o blog....parabéns!!!...*

    se puder passa la::

    http://waguinhospears.blogspot.com/



    XOXO****

    ResponderExcluir