quarta-feira, dezembro 23, 2009

Ignorava e era feliz!

Por Lilian Buzzetto, cronista convidada




Domingo à noite, musiquinha do fantástico...

Estou com minha cerveja, meu cigarro, meu gato e o futebol na TV. Daqui a pouco voltarei para o meu tricô (e tenho 24 anos, apenas). Não saí esse fim de semana e estou sozinha. Não vou mais a bares porque não posso fumar. Não posso beber uma cerveja (com meu peso, nem um copo) e voltar dirigindo pra casa. Não posso fazer barulho, cantar, bater papo nas calçadas. Lá fora, eu não posso... Está muito difícil conviver com a sociedade. Mas, contradizendo tudo o que me ensinaram e o que esperam de mim nessa situação, não me sinto miserável, deprimida, solitária ou abandonada. Estou leve e feliz.

Esta manhã, eu peguei meu café, meu cigarro e fui para o sol, com meu jornal (daqueles de papel, antiquados, desatualizados e sujos). E na manchete das três primeiras matérias achei expressões como “veto”, “proibição” e “aumenta o risco de”. Tudo pelo meu bem e pelo bem do conjunto da obra de Deus.


O mundo aí fora me pareceu chato e perigoso. A Califórnia vai afundar depois de um grande terremoto. Nápoles será soterrada quando o Vesúvio quiser brincar de Pompéia. A África vai ser devastada por uma variedade estranha de vírus ou por leões famintos que invadirão as cidades, graças à destruição de seu ambiente natural. Não que eu vá para a qualquer lugar longínquo: alguém já viu a poluição que cria um avião a cada vôo? Um asteróide, o aquecimento global, uma nova gripe, uma supernova, um buraco negro construído em laboratório... de acordo com meu jornal, o mundo corre sérios riscos, o tempo todo...

Cogitei viver uma vida saudável: sem cigarro, sem bebida, com uma alimentação decente e no calor, porque o frio triplica o risco de enfartes. Mas segundo meu jornal, carboidratos e gorduras vão entupir minhas artérias. Presunto, salsichas e salames aumentam o risco de câncer no intestino. Peixes estão contaminados com mercúrio e os vegetais cheios de agrotóxicos nefastos. Sobraram os ovos! Mas ah... os ovos são muito, muito confusos. Nunca entendi os vários tipos de colesterol, em mim e no ovo. Só sei que um deles, ou todos, causa demência. Está no jornal.


Resta viver de luz, de sol (tomando, regularmente pílulas de cálcio, para evitar osteoporose)... Mas e se eu desenvolver um terrível câncer de pele? Estou ficando nervosa e com medo. E tenho que me acalmar, porque segundo meu jornal, estresse aumenta o risco de uma porção de coisas horríveis. Quase tomei um copo de água com açúcar. Graças a Deus, me contive. Açúcar dá cáries. Melhor assim, não poderia escolher entre um poluidor copo descartável ou um pouco do malvado detergente que eu usaria pra lavar o de vidro. Não sei mais como tomar água.


Vou largar o jornal. Estou ficando com dor de cabeça! Dormiria um pouco pra passar, mas não sei se posso. Quantas horas devo dormir para ser saudável? Se passar do limite eu morro do quê? Faltou isso no meu jornal. Um chá quente? Dá câncer no esôfago. Um leitinho? Aumenta o risco de Parkinson em homens e eu comi uma manga. Melhor não arriscar. Um bom banho! A manga pode dar congestão? Tomaria um analgésico, mas li que seria irresponsável, sem orientação médica. E pode ser contra-indicado em caso de suspeita de dengue. Aliás, deixa eu ir, porque tenho que tirar a água da chuva das plantinhas para não dar mosquito.








Mais de Lilian Buzzetto no blog "Cigarro Aceso"

48 comentários:

  1. Melhor viver ao cigarro, à bebida e ao miojo! Existe contra-indicação ao miojo? :)

    ResponderExcluir
  2. Se formos ficar morrendo de medo de tudo o q dizem ser arriscado ou perigoso,vamos viver numa bolha. Melhor tratar de ser feliz, sem paranóias.

    ResponderExcluir
  3. Ai minha nossa... como ta difícil viver. Me empresta esse jornal aí, to precisando saber se passar mais de duas horas seguidas frente ao computador pode me causar algum câncer, me passa urgente?

    ResponderExcluir
  4. Isso é que é teoria da psicose,excelente texto =D

    ResponderExcluir
  5. É as vezes da inveja quando vejo EASY RIDER e vejo aquele pessoal passando dificuldades mas vivendo do que plantam e colhem, deixando pra trás as loucuras da vida urbana e o caos social que estamos inseridos e cada vez mais submersos neste início de século. O ser humano tem que dar a volta por cima para não ser o arquiteto do seu próprio fim, vítima dos próprios demônios que invocou. Parabens pelo texto, obrigado pela visita e pelo comentário no meu blog, bjão!

    ResponderExcluir
  6. Heeeey....
    No mundo de hoje em dia tudo é perigoso , todo mundo tem medo , os jornais e programas nos dão uma idéia assustadora do mundo e se você acredita em tudo acaba ficando louco!!
    HEhhehe

    =)

    *Fumar é feio!
    *Televisão o dia todo faz mal?

    ResponderExcluir
  7. paranoia rulez. Vale mto mais o princípio do "tudo em excesso faz mal"

    ResponderExcluir
  8. O Q POSSO DZER? O MUNDO É EPRIGOSO,MAS SE VIVERMOS COM MEDO DE RISCOS NAO VIVEREMOS

    ResponderExcluir
  9. Perfeito! Aliás se quiser umas dicas de longevidade e vida despreocupada posso passar pra vcs o telefone do Keith Richards. Bjos meninas. Ps.: Sou apaixonado pela Karina Lima, falem pra ela passar aqui no Lago dos Patos pra comer um dog comigo.

    ResponderExcluir
  10. Heeey.....


    Passa la no meu blog e resgata um selo que eu deixei pra você!!

    http://pedroprado.blogspot.com/2009/12/selos.html

    Brigado!

    =)

    ResponderExcluir
  11. Lembrei de uma amiga minha que vive dizendo que as coisas que eu como fazem mal a saúde e lista uma série de doenças a cada guloseima que eu ofereço pra ela...arghh

    ResponderExcluir
  12. Olhe deixei de pensar nas coisas que dizem que faz mal há muito tempo. Se formor levar em consideração tudo o que dizem não faremos mais nada porque tudo faz mal, provoca alguma doença.
    Prefiro me inspirar na minha bizavó que morreu completamente lúcida aos 110 anos. Fumou até os 102 e só parou de furmar porque aos 102 anos resolveu ser evangélica.
    Ahhhh ela morreu aos 110 pela idade mesmo, não tinha nenhuma doença.

    ResponderExcluir
  13. Tá cada dia mais pergoso viver...o jeito é não ler jornal..

    ResponderExcluir
  14. Ufa! Ta chovendo aqui ficou dificil de abrir sua página!!! Vou voltar para comentar seu post ok??? Grande abraço!!! Adorei seu blog!!! Jaja eu volto pra comentar mais!!!

    Feliz Natal!

    neowellblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  15. essa cronica eh a melhor q vi ateh intoun akee no blog, adorei
    vou visitar o blog da colega tb
    boas festas amapo, beijos & obrigado pelo coment

    http://drehluvz.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Kkkkkkk .. muito bom! É mesmo muita palhaçada tanta historia sobre vida saudavel, se for prestar atenção em tudo vamos virar vegetais.

    ResponderExcluir
  17. Lilian teu post é demais! Muito bom. Pena que ao invés de vc, não consigo ser "leve e feliz" e cedo ao terrível binômio da depressão. Mas parabéns pelo texto. Muito útil na atualidade e deveras verdadeiro sobre o mundo. Abraços!

    ResponderExcluir
  18. hahaha
    engraçado seus comentarios, obrigado
    e o seu blog eh bem interessante e descontraido
    parabens
    bjos

    ResponderExcluir
  19. Pensando bem não é só a questão do que se pode ou não fazer para não ter doenças hpa também um outro problema, nossos direitos estão cada vez mais cerceados.

    ResponderExcluir
  20. Me diverti muito lendo o texto, que foi muito bem escrito por sinal. Vou passar esse blog para algumas pessoas que tenho certeza que irão gostar.

    Parabéns.

    Depois da uma passada no meu.

    http://enigmasdocotidiano.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Sem paranóia!
    Coma, beba, fume (ops, isso não recomendo), mas tudo com moderação! Simples.

    ResponderExcluir
  22. Vim aqui agradecer pela visita ao meu blog e dizer que é sempre bem vindo(a)
    Deus te abençoe!

    Um pequeno mundo - (Novo site de tirinhas)
    Job, Lob e sua turma espera sua visita!
    http://tirinhaspequenomundo.blogspot.com/
    Twitter: @umpequenomundo
    abraços!

    ResponderExcluir
  23. O mundo hoje é perigoso mesmo dentro ou fora de casa.
    Ultimamente tudo que se come faz mal a saúde.
    No tempo dos nossos avôs se comiam de tudo e nada fazia mal.

    ResponderExcluir
  24. a vida vai acabar p/ todo o mundo, por isso acho que não devemos ficar neuróticos c/ tudo o que pode fazer mal. mas fiquei chocada com essas comunidades defendendo o cigarro. falo isso como médica e como ser humano que já perdeu um ente querido por causa desta porcaria. é a maior causa prevenível de morte no mundo (e o tabagismo passivo é a 3a. maior, então não me fale em preconceito, vc tem o direito de ir e vir enquanto não provoque prejuízo às outras pessoas). quem deve ficar feliz com comunidades como a sua é a indústria do cigarro, que lucra bilhões com o vício das pessoas. quem não fica é a população, se souber o quanto é gasto com saúde pública p/ tratar as pessoas que ficam doentes por causa do cigarro, dinheiro esse que poderia ser investido em outras benfeitorias. me admira uma pessoa que estuda toxicologia e imunologia ser a favor de uma coisa dessas. lamentável Sra Liliam

    ResponderExcluir
  25. Querida amiga avassaladora...Liliam...Quando ouvi pela primeira vez a musica do Roberto carlos que dizia: "Tudo que eu gosto é imoral, proibido ou engorda"..Achei estranha a letra, uma coisa de gente velha!
    Agora, no auge da maturidade, descobri a verdade cruel: TUDO QUE EU GOSTO É IMORAL,PROIBIDO OU ENGORDA!!!!
    Feliz 2010!

    ResponderExcluir
  26. O negocio é relaxar! Se tudo que fazemos é imoral, ilegal ou ingorda... Eu tô FU...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Mais fatais que álcool, gordura e sol, só mesmo a paranóia do mundo à nossa volta!

    ResponderExcluir
  28. Tá certo.Meiga é a Hello Kitty,mas não deixa de ser cuti-cuti...
    Gostei pacas do Mulherices!

    ResponderExcluir
  29. Cara Paty, deixei uma resposta em seu blog. Estou aberta a discussões "saudáveis" sobre o tema. Discordo piamente de alguns de seus dados. Por favor, não me chame de "lamentável" sem conhecimento da causa completa. Se quiser, podemos trocar "figurinhas". Abraços. Lílian Buzzetto

    ResponderExcluir
  30. "A Califórnia vai afundar depois de um grande terremoto. Nápoles será soterrada quando o Vesúvio quiser brincar de Pompéia."

    Fantástico isso...

    P.S: Fantástico sem a musiquinha!

    ResponderExcluir
  31. Dei uma lida nos comentários e notei que o principal recado passado pela cronista foi bem entendido, afinal, todos falaram em resumo que "de tanto viver se preocupando com o que faz mal deixamos de viver".
    Então vou comentar do estilo da cronista, que me agradou bastante... Já comentei em posts anteriores, deixando claro o quanto gosto de crônicas, e o "Mulherices" mais uma vez acertou em cheio na cronista convidada. Apenas por ações ela soube passar na crônica o quão chato é viver dessas preocupações, sem deixar o texto em si chato... é gostoso de ler e até um tanto cômico...
    parabéns ao blog e à Lilian! =]

    http://songsweetsong.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. rápido, rápido se esconde! Mas não passe por baixo de cadeiras ou mesas pq mamãe disse que a gnt nao cresce mais! debaixo da cama é mto óbvio e pode ter aranhas marons lá! Se joga na moita do jardim! Alergia? eu não tenho... mto arriscado, se atira na piscina do vizinho vai! sabe nadar?...

    ResponderExcluir
  33. Tudo dá câncer... tudo mata e todos morreremos... entaum, quem kiser fuma, kem kiser não fuma... Comentarei de novo mais tarde... Mais sinto uma falta de tomar uma cervejinha e ir fumar um cigarro...

    ResponderExcluir
  34. Qto ao infeliz comentário da internauta "Paty", vá dar lição de moral na casa do vizinho.
    Cada um tem seus modos ou meios de se sentir melhor, há de se respeitar mais a individualidade dos outros e julgar de menos ok?
    Post excelente, cada qual tem a sua maneira de enfrentar as dificuldades do mundo, viver um dia de cada vez, ou deixar a sindrome do pânico tomar conta dia pós dia, tomar a pílula vermelha ou tomar a azul... vc escolhe. Parabéns Lilian.

    ResponderExcluir
  35. O texto descreve exatamente o sociedade agorista em que vivemos, são tantos padrões que as pessoas vive, oscilando entre eles. Rotinas e mais rotinas, promessas e tentativas de mudanças.

    ResponderExcluir
  36. O texto descreve exatamente o sociedade agorista em que vivemos [2]

    adorei o blog..e acho que devemos viver uma vida menos "preocupante" afinal a morte é certa a todos,adorei a cronista e o blog,cronista se vc quiser postar no meu blog como convidada sera um grande prazer...


    deixe um recado caso interesse
    www.contemporaneoeindiscreto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. somos o q pensamos...

    paranoicos? loucos?

    sei lá!

    ResponderExcluir
  38. COMO DIZEM

    A IGNORANCIA É UMA BENÇÃO

    ResponderExcluir
  39. olha, aqui onde moro tem alguns bares com área aberta para fumantes, então quando saio so vou nestes, ou em posto de gasolina, ficamos na calçada tomando uma latinha, fumando o cigarrinho sentados como se fossemos noinhas ou como se tivéssemos 15 anos...

    ResponderExcluir
  40. Moro na "cidade mais oriental das Américas", mas ... mas ... e o derretimento das geleiras? E se eu morrer afogada? Aí, aí, aí dizem que "aqui tem sol o ano inteiro", droga! E o tal câncer de pele? Tô com medo agora. Aqui onde eu moro, o povo tem uma mania estranha de comer uma coisinha danada de boa chamada rapadura: diabetes e cáries ás favas! Aqui o povo toma cachaça pura e ninguém se preocupa com seu fígado. Aqui se bebe, fuma, grita, se possível tudo de uma só vez, sem ser incomodado. "Lei Seca", "Proibido Fumar", "Seja anorexicamente saudável"? Obrigada por me lembrar que moro no Paraíso! (João Pessoa - PB)

    ResponderExcluir
  41. Wow! Que bela cronica. Gostei bastante rsrsrsrs Muito boa mesmo! Ultimamente, tudo que fazemos nos faz mal, mas se formos ligar para tudo isso, simplesmente não vivemos.

    ResponderExcluir
  42. ADOREI!
    Inteligente,perspicaz e sutil!

    ResponderExcluir
  43. O mundo lá fora é mto cansativo e desonesto com as pessoas. Me estresso, sim...tenho pavor...Mas criei mhas defesas lá fora.. por isso sou Grata. Privacidade tenho apenas no meu mundo particular. Pq aqui quem manda sou EU!

    ResponderExcluir
  44. e é por isso que ler jornal é pessimo pra saude

    ResponderExcluir
  45. Televisão deixa burro!!! de qualquer forma o tempo que dura uma vida é tão curto (em relação a idade da terra e astros celestes), que é melhor aproveitar o máximo que puder fazendo aquilo que gosta. isso sim é saudável. Abraço

    ResponderExcluir