sábado, abril 10, 2010

O mundo gira

Por Vanessa Pinho
O dia seguinte, pra mim, parece ser como o último capítulo de uma novela... Os acontecimentos são super imprevisíveis e nunca se sabe ao certo como vai acabar. Não que eu não goste de mudanças, muito pelo contrário... Minha inquietação de aquariana exige que eu mude o tempo inteiro, como se tivesse um bicho carpinteiro dançando coisas dentro de mim. Mas essa montanha russa às vezes enjoa. Enjoa mais do que o Galvão Bueno e mais do que o Faustão. Mais do que Galvão e Faustão juntos em um domingo frio e chuvoso de inverno. (haja Dramin!)

E a vida segue assim, nessa corda bamba... Nessa loucura de sentimentos e acontecimentos instantâneos, bons e ruins. Mas alguma coisa fez com que eu aprendesse a lidar com isso... E hoje sei que certas coisas terminam, porque outras precisam começar.

É o tal do CICLO NATURAL DAS COISAS.

“Ciclo é representado por uma série de eventos ou fenômenos que se repetem sucessivamente, ou seja, retornam pela mesma via de onde iniciaram.” [Aurélio]

A vida é feita de fases, cheia de altos e baixos, é assim pra todo mundo. E foi com mudanças, com altos e baixos (mais baixos do que altos) que aprendi coisas que não teria aprendido se tudo tivesse dado super certo. Aprendi o quanto é bom ficar sozinha em casa, comigo, de camiseta e meias ridículas, enquanto o mundo lá fora se diverte ao som de um DJ muito famoso com cabelinho revirado e nome estranho.

Mas aí eu enjôo disso também. E combino com as amigas de sair à noite. E bebo vinho, e danço, e acho o DJ o máximo, e prometo que vou virar uma pessoa baladeira. Podem me convidar, eu vou!E aí olho pro lado e enjôo de tudo aquilo. Enjôo daquele monte de gente desconhecida simulando felicidades e conferindo o batom de cinco em cinco minutos no espelho, e enjôo daquele idiota me olhando com cara de “Ô, claro que te pegava”.
E aí puxo papo com o cara mais legal do ambiente, só pra mostrar pro debilóide que não estou sozinha. E o cara até que é legal, e até que é normal, mas ele nem chegou ao bar pra pegar uma Skol por R$ 6.00 reais e eu já estou enjoada dele e com preguiça de todas as festas que ele já me convidou pra ir antes mesmo de saber meu nome. Porque ele sua demais, fala demais, e se esforça demais pra parecer tranqüilo.

Ele fala com as mãos sobre coisas que eu não quero saber naquele momento e cumprimenta amigos que atendem pelos nomes de: Cadeira, Siri, Minhoca e Pepê. Eu preciso descansar desse menino.

E aí comento que preciso acordar cedo pra assistir ao Telecurso 2010 e que não posso perder A hora do Brasil na rádio, na esperança de que ele me ache louca e debilóide. Mas ele puxa uma cadeira e diz “Nouussa, que inteligentinha” e eu desisto de tentar parecer estranha.

E mesmo tendo uma vontade súbita de bater o martelo, e fazer coisas estranhas, e mesmo quando tudo dá errado, e mesmo quando parece que o universo conspira pra que eu me F%$#@ bonito, e mesmo que blá blá blá, o ciclo, aquele, natural das coisas, me coloca frente a frente com o meu caminho. E nesse novo caminho, encontro pessoas que modificam minha vida e ensinam coisas que jamais aprenderia sozinha. E para que certas pessoas se encontrem, o mundo precisa girar.

E sinto medo de enjoar de mim, e acordar amanhã, sei lá, querendo pintar meu cabelo de loiro volume 80 ou virar cupim de igreja, daquelas fanáticas que acordam as sete de um domingo frio e usam perfumes doces.

Sim, medo. Porque as coisas mudam, o mundo gira e estou sempre girando junto com ele. E acabo concordando com minha mãe quando ela me olha e diz “tu não existe”.


 

37 comentários:

  1. O medo da mudança só existe porque temos um medo natural do desconhecido. Não vale a pena temer pelas mudanças, darling, desde que elas vão te ser benéficas, claro.
    E com relação ao papo de ciclos, bem, sinto que passo por um novo momento atualmente. O que fica é a esperança de que nossas montanhas russas tenham poucas partes baixas e que os loops nos tragam só emoções bacanas.

    ResponderExcluir
  2. num domingo frio e chuvoso de inverno faustão e galvão juntos n é tão mal assim, vai... rsrs

    ResponderExcluir
  3. Skol por 6 reais é um sacrilégio!
    hehehehe

    Todos os períodos da vida tem ciclos, ela que por si só já é um grande ciclo de acontecimentos.
    Acho que o que se deve fazer é deixar que sejamos levados para onde o vento soprar.

    ResponderExcluir
  4. GIRA E VOLTA PRO MESMO LUGAR
    ISSO QUE É TÉDIO

    ResponderExcluir
  5. Esse negocio de ciclo me enche a paciencia.
    deixa a vida tediosa.

    ResponderExcluir
  6. Vivemos oscilando, mas nunca saimos de onde estamos!!

    Essa é a vida...Sempre tão normal que enjoa!!

    ResponderExcluir
  7. Se não fosse assim, esta montanha russa, talvez não valeria a pena viver.
    A mesmice me enjoa.
    Beijão menina e um domingo cheio de maravilhas que não enjoem. :)

    ResponderExcluir
  8. Muiito bom blog
    to retribuindo a visita a poposito te segui!

    quando der denovo passa lah...

    CAOS MUNDIAL - CLICA SEGUE E COMENTA?

    ResponderExcluir
  9. As mudanças são necessárias para a nossa evolução e crescimento.

    ResponderExcluir
  10. A.d.o.r.e.i o blog! parabens e eu to seguindo ta? XD

    ResponderExcluir
  11. Aii o tédio, meu inimigo mortal. Dispenso a companhia dele assim como dispenso a companhia da minha prima super chata, mas eles, teimosos que são, sempre acabam voltando. Só pra sacanear a astrologia eu sou uma taurina que deveria A.D.O.R.A.R ( COMO DISSE A MENINA AII EM CIMA) rotina, mas se podesse jogava ela dentro do vaso e a veria ir embora vagarosa e completamente descarga abaixo para que eu tivesse certeza que ela iria o mais longe de mim possível.
    Só não sei se enjoaria do menino se ele fosse legal, gatinho e inteligente.. aii eu acho que iria demorar im tempo bem razoável pra eu enjoar dele..^^
    Mas o grande barato da vida é esse.. viver um dia de cada vez, saboreando-o... aprendendo, ensinando, e de f&¨$@#.
    ^^

    ResponderExcluir
  12. Gostei do texto e realmente o domingo é uma tortura com o Faustão e o Galvão. Dupla do terror na Globo e Gugu piorando tudo na Record.
    Tbm gosto de fotografar e faço parte de um grupo de extesão de fotografia na faculdade.
    Parabéns pelo blog.
    T+.

    www.comdestaque.blogspot.com
    www.sarau2eteres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Gostei mesmo, agora... seis reais!? Nem querendo muito! Ê Domingão :)

    Beijão

    ResponderExcluir
  14. Site muito bom! Texto digno de um site desse 'calibre'


    http://analisefc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Que texto maravilhoso, parabéns! Pelo blog tbm!
    iarabandeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. tempão que não venho aqui. esse blog é show de bola!

    falando no faustão ontem ele falou da morte do pai dele no programa, foi triste.

    ResponderExcluir
  17. Eu sempre gosto do que tu escreve, mas dessa vez eu meio que me vi em cada cada linha. Eu enjoô de mim, das pessoas, do tempo. E depois volto a amar tudo outra vez... E que bom que isso não acontece apenas comigo, rs...

    ResponderExcluir
  18. Muito bom... Adorei o blog.
    Parabéns

    Daniel O'Malley

    http://vidinhameiaboca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Se ela saiu de um gibi o gibi era em 3D né? ;D

    ResponderExcluir
  20. O mundo sempre gira, vira, muda...Mas como você disse é um ciclo... Para ser sincero, não sei interpretar se é bom ou ruim, nos somos seres humanos que nos entediamos facilmente de tudo e qualquer coisa, pois sempre que temos algo não sabemos aproveitar com consciência, e fazemos como a criança com chocolate, devoramos até ficar com enjôo...

    ResponderExcluir
  21. Tem gente que tenta manter uma rotina. Mesmo os mais messias não conseguirão. Eu não consigo me programar para o próximo segundo. Sou inconstante a todo instante... num sei, mas acho que temos muito haver... tem msn?

    bj
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  22. E quem disse que girar junto com mundo é ruim???
    Até pq se nao seguirmos a vida vem e passa por cima.
    Mudar é bom...
    Enjoar tb!!!
    Nos obriga a mudar sempre!
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Que síntese de momento vivido hein! Pra variar, muitissimo bem escrito, tanto que, nos remete visualmente a tudo que esta escrito, devido a riqueza de detalhes, a ironia de bom gosto (sim, isso é possivel rs) e outras "cositas mas" ; )

    ResponderExcluir
  24. AHHH TO ENJOADA DE CICLOS! CICLOS SÃO MONSTROS CHATOS E BOBOS QUE SE ESCONDEM DENTRO DO ARMÁRIO E ASSUSTAM A NÓS, MENINAS MULHERES, TODAS AS VEZES QUE DAMOS DE CARA COM NOSSO AMADO MESTRE: O ESPELHO!

    ResponderExcluir
  25. As postagens desse blg são tão legais que quando fui pensar em seguir, eu já estava seguindo desde antes..
    È o tipo de post que por mais que a gente queira comentar pra não ficar igual ao que odiamos tipo “uau!”, fica difícil achar outra coisa pra dizer, afinal, foi a melhor descrição de uma balada....

    Mudar é bom e o baixo é melhor, por que tudo que vivemos quando estamos numa pior, nos torna mais sensatos ou resistentes pras bobagens que iremos cometer quando estivermos no alto!


    http://farofadeglitter.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Oxé em!!
    tu gosta de escrever em!! hehe...
    ta bom!!

    boa noite!

    ResponderExcluir
  27. Já havia comentado e lido o texto antes, mas não custa nada relê-lo e comentar novamente.
    T+.

    www.comdestaque.blogspot.com ---- www.sarau2eteres.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Seu blog está um encanto!
    Parabéns! Obrigada pela visita!
    Volte sempre!

    By:http://revolucao-teen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Olha,vou te dizer. É complicado!kkk

    Me identifiquei com muitas coisas que você falou. Esse sentimento teórico de "sim,eu posso" "Vou na festa e ficar com o primeiro gato que aparecer para ver se os meus amigos param de me chamar de santa". Então eu entro no clube,dou um espiada e já sei que vai acabar mal. Essa sensação de inadequação,de não fazer parte total do mundo em totatividade é assustadora e ao mesmo tempo confortante. Sabemos que somos diferentes das outras pessoas,mas porquê?

    O destino dirá.

    De qualquer forma adorei o blog :D

    Marina Moura

    ResponderExcluir
  30. Caraca! Adorei o blog. Muito bom mesmo!!

    Estou seguindo. Se quiser me siga tbm.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  31. O mundo gira, e o que acontece quando vai parar do outro lado, tudo que a gente justamente queria que não saisse do lugar?

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. A cada mudança aprendemos algo novo, e nessa vida tão maluca vamos conseguindo sobreviver!

    Parabéns pelo blog, muito legal!

    http://matheus-memorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Adorei o texto!!!!
    Achei que só eu pensava nessas coisas e tinha medo de tantas mudanças...
    Tô seguindo o blog agora e já gostei muito do que vi por aqui!!!
    Bj

    ResponderExcluir