domingo, setembro 12, 2010

Circo

Por Vanessa Pinho
Crianças jogam futebol em uma rua sem asfalto, enquanto na TV, um povo de cabelo ajeitado fala coisas como “O povo brasileiro em primeiro lugar” “O meu compromisso é com a educação, entretenimento, lazer para as crianças...”
A bola caiu lá embaixo, um dos meninos corre para buscar. Que dó. Eu não sou sentimental e por algum motivo que eu sei, mas que digo que não sei, meu coração costuma não se abalar com muita coisa. Mas de criança e velhinhos de mantinha xadrez, eu tenho dó.

Aquelas crianças não têm o básico: um lugar para brincar. E, enquanto a bola rolava láááá pra baixo, eu sentia um frio que vinha do dedo do pé, fazia um nó na garganta e subia até o último fio do meu cabelo ruim.
Propaganda eleitoral gratuita. Gratuita, claro, porque pagar para assistir aquilo seria demais. Eu nunca mudei meu voto por algo que vi ou ouvi em propagandas eleitorais. Um bando de gente de golinha pólo e cara de boa praça que, na maioria das vezes, mal sabe falar o português, olhando pra um letreiro ensaiado posto à sua frente onde estão escritas todas as promessas que sabem que não irão cumprir. Gente que não têm competência nem pra decorar suas mentiras, mas querem governar a cidade, o estado, o país.

Eu, sinceramente, não dou audiência pra esse circo. Debates sim são importantes. Pois através deles conseguimos conhecer melhor os candidatos e suas propostas. Absurdo ter que engolir toda noite a mesma ladainha obrigatória. Obrigar a população a assistir programação que não escolheu não é coisa de democracia.
Certo que essas ladainhas não interrompem grandes coisas. Novelas. Quem assiste? Outro dia, enquanto comia calmante uma lata de leite condensado, me dei ao luxo de assistir um capítulo da novela que estava passando: e eu praticamente adivinhei todas as falas dos personagens! Sou paranormal? Não. A programação não presta, não atrai, não passa mensagem nenhuma.

As novelas exibem tragédias, meninas que respondem os pais, engravidam e falam asneiras que induzem nossos filhos a pensar: “Viu? É moda ser idiota!”.
Sempre as mesmas histórias. As cenas insuportavelmente previsíveis. Os atores mudaram. A TV deu espaço para mulheres-fruta e recém-eliminados do BBB e de “A fazenda”. Não que essas pessoas não tenham capacidade para atuar. Mas que se preparem antes de torrar o nosso saco.

Certo que novela é mesmo tudo ficção, mas um pouco de criatividade não faz mal a ninguém. Final de novela é aquela coisa. Os protagonistas que certamente sofreram o tempo todo, no final ficam juntos. Todo mundo casa e têm no mínimo três filhos. A vilã morre ou fica louca.

E eu, estou ficando velha. Comecei falando de horário eleitoral e estou aqui falando de novelas... Mas, se for parar pra pensar, as duas coisas até que são bem parecidas. Os candidatos interpretam como os atores. Ambos têm uma facilidade enorme de nos fazer acreditar em coisas que não existem e no final é tudo sempre uma verdadeira palhaçada.


E enquanto os candidatos vendem promessas na TV, a bola corre de novo lá pra baixo, os hospitais públicos não têm médicos especialistas, o posto de saúde fecha às seis da tarde, nossas casas são assaltadas por monstrinhos menores de idade...


Pegue a pipoca e sente aí, que o circo já começou!





30 comentários:

  1. muito bom post. Sabe, esse horario politico chega a ser uma afronta contra a inteligencia da gente. A gente vê que as coisas não estão nada boas na saude, na educação, na segurança publica, etc, e aí vem os caras falarem que fizeram isso ou aquilo e que agora está tudo bom.
    Isso sem falar nas aberrações tipo Tiririca que apareceram no horário politico e que por incrivel que pareça vão ser eleitos.

    http://amansim.blogspot.com/

    visita lá!

    ResponderExcluir
  2. Muito Muito Bom Mesmo....
    Adorei as tirinhas!!!

    www.inbarlow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gosto de saber das propostas dos candidatos ou pra rir um pouco, mas geralmente é muito chato mesmo.

    ResponderExcluir
  4. É...bem cada um relaciona e monta seus argumentos com aquilo que absorveu da vida né.

    Bom, horário politico não é gratuito, sai do nosso bolso de contribuinte, e concordo, por ser obirgatório não é sinal de democracia.

    Alias, democracia na pratica mesmo, ao pé da letra, não existe.

    Antes, as pessoas tem que aprender a ser cidadãs e a s interessarem a gostar desse "troço-chato" que é a politica.

    Criticar sem trazer novas soluções é tão lugar comum quanto se deixar alienar.

    :) gostei das charges.

    sorte para vc's.

    ResponderExcluir
  5. PS: não revisei o português.... =p

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post...é uma verdadeira palahaçada mesmo. Assistir o horário político é aceitar ser chamado de idiota pq é só isso que os candidatos faltam falar com o eleitor. Gostei da comparação com a novela pq nos dois casos é tudo cenae a realidade passa longe.
    Beijos, minha flor...e ótima semana.
    Te espero em meu blog, está atualizado. Passa lá: www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Propaganda política gratuita (gratuita? ah tá..........) não assisto nem que me paguem. E novela não assisto nem por falta do que fazer. detesto. pelos motivos que vc citou e mais um milhão de outros! não há nada mais degradante e mal-intencionado do que essas novelinhas sem-noção que vão ao ar. quem assiste novela alimenta essa indústria televisiva doente e é conivente com a disseminação da porcariada amoral. uma lástima. enfim, cada um tem o direito de assistir ao que bem entender. até mesmo propaganda eleitoral. gosto não se discute. lamenta-se.
    parabéns pelo texto!
    beijão.
    Ana Cristina Mokdeci

    ResponderExcluir
  8. Adoro um humor critico hahaha
    parabéns pelo seu blog!

    ResponderExcluir
  9. hahahahahaha adooorei a primeira foto , parabéns pelo blog abraços !

    http://diegomergulhao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Horário eleitoral é a coisa mais divertida da programação atual da TV aberta.. dou gargalhadas altas aqui em casa... brinco de traduzir o politiquês... ahuahauhauha

    ResponderExcluir
  11. Primeiro: Gostei muito do seu texto, muito mesmo, ri, concordei e me identifiquei. Você utiliza uma linguagem muito parecida com a minha.

    Segundo: É trágico dizer que o horário eleitoral é um programa de comédia, mas é verdade. Vote Fulando da Farmácia. Ou pior: "Você me conhece..." Como? Se nunca te vi na vida? É pra rir ou pra chorar?

    Terceiro: Ah, sobre as novelas. Eu gosto, pra mim é entretenimento. Não reflete a sociedade, abre um espaço para refletirmos sobre ela. Muita cois aé descartável, mas é um escapismo de toda a loucura bizarra que nos cerca.

    Me visita, me siga... Quero sempre estar aqui!

    http://diegohag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Elogiar é chover no molhado, eu adoro esse blog, desde o formato, até a linguagem, o estilo tudo.

    E quanto ao tema abordado, um segredo e desabafo: eu trabalho no meio polítco, e confesso, to de saco cheio. Realmente vc tem toda razão. Isso tudo tá se tornando um grande circo, e pior, de horrores. O que fizemos da tão sonhada democracia??? A gente ganhou o brinquedo (direito de votar), mas ainda não aprendeu a brincar com ele!

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá boa noite, escrevi certa vez sobre horário eleitoral e "gratuito". Gosto sobre isso. texto bacana, sigo em termos essa sua linha de racicinio também.
    Estou voltando com o meu blog e conto com a sua presença.
    Até logo

    http://blogpedrojunior.blogspot.com/

    Confiram parte de um história que proporciona emoções!

    ResponderExcluir
  14. Yeah, postagem perfeita!
    Horário Eleitoral, democracia?
    somos livres, mas não somos livres para não votar,
    não somos livres para não nos alistar, mas na hora do horário eu acabo que exerço o pouco da minha liberdade e a televisão desligo!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  15. Sinceramente acho que o nível dos candidatos à eleição deveria obedecer um MÍNIMO de condições básicas que não desrespeitasse aos cidadãos. Só com esse MÍNIMO, mais da metade dos candidatos não estariam tirando o sarro da nossa cara.

    Não consigo entender pessoas como Tiririca e o costureiro que roubou vaso no cemitério [e ainda faz piada com esse episódio em plena candidatura] têm chances de serem eleitos.

    Que país é esse?!

    ResponderExcluir
  16. Nosssa comeu uma lata de leite condensado. Há quanto tempo não me dou esse luxo.

    Em relação aos políticos é uma vergonha mesmo!
    Para presidente decidir anular. Não confio em nenhum dos tres e não vou dar meu voto para o menos pior. Não concordo com a ideologia deles.

    Novela é sempre a mesma coisa. O moralismo sempre vence.

    Seu texto fala de vários assuntos e isso ébem agradável.

    Parabens

    ResponderExcluir
  17. É um circulo vicioso que começa com a gente e termina no mesmo lugar. Se a ficha caísse e descobríssemos o quanto somos importantes e o quanto vale o nosso direito de escolher a liderança política de uma nação, teríamos a exata medida na hora da escolha. Porém, grande parte está mais interessada em escolher o candidato pelo tom da voz, a aparência e quem apoia, ou até mesmo barganhando seu voto por uma botija de gás.
    Esse não é o País do futuro que gostaria que meus filhos vivessem...e isso me dói demais!!!
    Abraços
    e Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  18. desligar a tv aberta sim :D
    a fechada ainda salva...

    mas sabe o que é?
    É LULA DE NOVO!

    ResponderExcluir
  19. adoreei o post e seu blog tá maravilhoso parabens :)


    http://blog-adversativo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. As pessoas não sabem escolher os candidatos e está longe de aprenderem.
    São sempre os mesmos e não muda nada.

    ResponderExcluir
  21. Vi uma charge na net que me matou de rir e me lembre dela lendo o seu texto, nem o político prometia empregar toda a família dele, fazer caixa 2 e todas essas "malandragens" comuns entre "essa raça" e o eleitor sentado na poltrona diz: esse pelo menos é sincero! =P

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pela postagem e pelo texto. Retrata o atual cenário dessa "cambada" que anda estragando o espaço que possuem nas mídias.

    ResponderExcluir
  23. Olá Vanessa,
    Talvez goste desse post.

    http://mudancaereflexao.blogspot.com/2010/09/geracao-falida.html

    ResponderExcluir
  24. Eu vejo horario eleitoral pq acho que é mais uma ferramenta pra conhecer nossa política, que já é escondida de nós há todo custo. Porém, só tem gente mentindo, falando que fez o que não fez e essas coisas. triste ou cômico?

    ResponderExcluir
  25. Descobri e acompanho sempre, já li todos os posts. Também mantenho um blog, mas a inspiração foi embora junto com o meu tempo.
    Todos os posts são muito atuais, me identifico sempre.

    ResponderExcluir
  26. Niver do meu blogg!

    Passem por lá!

    www.prikastro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Ahhhhh Vanessa...

    Uhummm, hã, texto ótimo, parabéns...;P

    ResponderExcluir
  28. Ótimo, ótimo, ótimo ... surpresa ao ver que alguém pensa como eu. Não é questão de ser do contra, ser critica e querer que tudo seja do nosso jeito, é questão de ter visão, de pensar e questionar sobre tudo o que acontece ao nosso redor. As pessoas estão ficando cegas pela midia e pelo comodismo.Complicado viver em um país onde as pessoa lembram quem foi o último vencedo do BBB e não sabem nem quem são os candidatos para presindência do nosso pais.

    Estou de seguindo moça, me faça uma visita,bjo.

    ResponderExcluir
  29. Eu assitia por que era um circo mesmo mas prefiro pesquisar a vida de quem penso em votar sem me basear na propagando eleitoral

    ResponderExcluir